A vida comunitária dos homens, uns nos outros, tem o mesmo significado da vida conjunta das células dentro do corpo humano. Um novo ser superior está no meio destes cinco – ou mesmo entre dois ou três – “Quando dois ou mais se reunirem em meu nome. Eu estarei presente no meio deles”. Não é aquele ou o outro ou o terceiro, mas algo inteiramente novo que brota desta união.

Rudolf Steiner

A metodologia que Goethe legou para olharmos o desenrolar de processos, como uma ciência orgânica e viva, é o que dá embasamento teórico à minha prática. A antroposofia enquanto arcabouço conceitual amplia o meu entendimento de mundo e refina o meu próprio ser enquanto parte do processo do crescimento outro.

Como na imagem ao lado, entendo os processos de desenvolvimento iniciando em pontos

distintos, quer através da experiência, da vivência, quer através de conceitos, pensamentos,

conteúdos espirituais.

 

Porém para ambas as formas, imprescindível é o tecer do que se faz com sua própria história,

com respiro através do seu próprio coração, seu centro, e a periferia, o entorno, o contexto.

O processo acontece no encontro entre a pessoa com ela mesma, entre uma pessoa e outra,

entre uma pessoa e o grupo, ou nas mais diferentes relações possíveis.

COACHING

O trabalho de coaching é desenvolvido individualmente, em encontros periódicos (quinzenais ou mensais), com cerca de 1h30 de duração. Nestes encontros, a proposta é bastante específica para o indivíduo, que escolhe os temas a serem trabalhados, enquanto o meu apoio é em proporcionar as formas que ajudem seu desenvolvimento.

 

Alguns exemplos de processos de coaching que conduzi traziam perguntas tais como:

 

  • Transição de carreira: -- desde mudanças de emprego, de projetos, ou encerramento de uma carreira corporativa para conselhos, ensino, etc.

    • O que eu realmente gosto de fazer? No que sou bom? Como colocar meus talentos disponíveis?

    • Como lido com as inseguranças da transição?

    • O que ainda faz sentido para mim, o que não faz mais?

    • Como olhar para essa experiência e tirar os aprendizados dela?
       

  • Relacionamento entre pessoas: dificuldades na relação com equipes, superiores, pares:

    • Como gerir a equipe, de modo que cada um esteja em seu lugar de talento, feliz com o que aporta, e ao mesmo tempo entregando resultados?

    • Como me comunicar melhor – ouvir e ser ouvido?

    • Como lidar com as inseguranças que a diversidade traz?

CONSULTORIAS E PROJETOS

A partir de uma necessidade do cliente, que pode ser uma empresa ou um grupo, proponho caminhos que viabilizem o desenvolvimento das pessoas em direção ao resultado desejado.

 

À medida que o trabalho vai se desenvolvendo, gosto da co-construção coletiva destes caminhos, uma vez que o entendimento da necessidade por todos (cliente e consultor) vai se ampliando. Acredito que somos todos partícipes do processo, tanto o desafio quanto o encaminhamento, e poder contar com a perspectiva de todos é muito enriquecedor.

 

Gosto de usar várias modalidades de atividades ao longo desta jornada, mesclando oficinas, rodas de conversa, conversas individuais, reuniões para leitura do grupo e do estágio do processo, enfim, o que perceba necessário para ajudar o processo.

 

Exemplos de projetos que desenvolvi incluem: 

  • Criação da Escola de Liderança para uma empresa de serviços

  • Definição do DNA de empresas : Missão, visão e valores que estejam vivos dentro do cotidiano das pessoas

  • Alinhamento de equipes de alta performance, a partir do trabalho com a construção da confiança, o ambiente para conflitos e divergências saudáveis emergirem, e por fim a assunção de compromissos e responsabilidade por resultados

WORKSHOPS E VIVÊNCIAS

Nas oficinas e workshops, a proposta de tema é mais direcionada, mas a pesquisa é individual e em grupos, especialmente a partir de exercícios biográficos e vivências que auxiliem a emersão de conceitos que já vivem em nós.

 

Geralmente os temas surgem a partir das necessidades e desafios que, em conversas com meus parceiros, percebemos existirem em comum a partir dos grupos com que trabalhamos. Dizem respeito ao espírito do tempo (zeitgeist) que vivemos...

 

Temas que me encantam envolvem a criação de ambientes de relações saudáveis. Construção de confiança, de comunidade, de comprometimento, entre outros.

 

Algumas oficinas que conduzi incluem:

  • Construção de confiança em ambientes de trabalho

  • Vivência biográfica: resignificando o passado, apropriando-se do presente e definindo o futuro desejado

 
 
 

© 2016 by Patricia Busatto. Proudly created with Wix.com